Início Notícias Segurança Urbana Vigilância Sanitária multa estabelecimentos que descumprem medidas de prevenção contra COVID-19
Segurança Urbana |
Por Carina Costa, Assessoria de Imprensa
Vigilância Sanitária multa estabelecimentos que descumprem medidas de prevenção contra COVID-19
Whatsapp
print
Imagem Ilustrativa
A Vigilância Sanitária de Urupês, em parceria com a Polícia Militar, está realizando ações de fiscalização noturna no município todos os dias.

O intuito da ação é orientar a população sobre a importância do cumprimento das medidas de proteção contra COVID-19 para evitar a proliferação do coronavírus. O número de casos de pessoas positivadas está aumentando gradativamente em Urupês.

Durante as ações de fiscalização, os agentes da vigilância podem orientar, notificar e até aplicar multas para os proprietários de locais que infringirem os decretos municipais e estaduais que tratam do assunto. Toda a população pode ter acesso aos decretos através do site da Prefeitura Municipal de Urupês e do Governo do Estado de São Paulo.

No último final de semana do mês de maio, a equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária notificou 72 estabelecimentos comerciais, realizou 23 orientações e multou dois estabelecimentos do município por descumprirem repetidamente as normas de proteção contra a COVID-19.

Com a chegada do feriado, as ações foram reforçadas com a parceria da Polícia Militar, e os resultados dos dias 02/06 a 06/06 foram: 77 notificações, 3 multas e a paralisação de uma festa clandestina com 50 pessoas, que estavam reunidas em uma chácara do município. Os policiais militares interromperam o evento, e os agentes da Vigilância Sanitária multaram o locatário e o organizador da festa. 

No sábado à noite (05/06), em ação no Parque dos Lagos, a Polícia Militar multou seis veículos por estarem estacionados em local proibido, pois após às 22h os munícipes não podem estacionar veículos no local. De acordo com levantamento técnico, a DIMUTRAN considerou importante proibir o estacionamento no local após as 22h, para diminuir a aglomeração no local, durante a pandemia.

Os proprietários de estabelecimentos que forem multados durante ações de vigilância noturna têm prazo de 5 dias para apresentar defesa e recorrerem. Caso tenham que efetuar o pagamento da multa, na primeira autuação o pagamento será de R$ 828,30(Oitocentos e vinte e oito reais e trinta centavos) se reincidir, o valor será cerca de R$ 1.656,00 (mil, seiscentos e cinquenta e seis reais), na reincidência pela terceira vez, a vigilância poderá lacrar o estabelecimento e a multa chegará a R$ 8.883,00 (oito mil, oitocentos e oitenta e três reais).

Todos os proprietários de estabelecimentos comerciais do município estão cientes da necessidade de cumprirem o decreto. Os donos de bares, restaurantes e lanchonetes já assinaram um protocolo de ciência sobre o assunto.

O município conta hoje (08/06), com 28 mortes causadas pelo vírus da COVID-19 e, até essa semana, atingiu mais de 1.200 casos confirmados desde que iniciou a pandemia em Urupês. Desses 1.200 casos, 100 pessoas estão nesse momento em tratamento, sendo 8 hospitalizadas e 71 pessoas em isolamento domiciliar. A ocupação dos leitos da região em que o município pode enviar pacientes encontra-se lotada e faz-se necessária medidas mais rígidas para conter a disseminação.  

Por favor, ajude-nos a combater o vírus. Faça sua parte. Evite aglomerações e use máscaras.
Notícia impressa de http://www.urupes.sp.gov.br em 21/06/2021

Saiba mais sobre a Secretaria de Saúde