Início Notícias Coronavírus Em três dias de imunização, “passaporte da vacina” reduz em mais de 23% número de faltosos para segundas doses

Em três dias de imunização, “passaporte da vacina” reduz em mais de 23% número de faltosos para segundas doses

Cerca de 2 minutos de leitura

235 acessos

Homem é vacinado durante a campanha de vacinação contra a COVID-19 em Urupês. Foto: Luís Fernando da Silva / Prefeitura Municipal de Urupês.

Por Luís Fernando da Silva - Departamento de Comunicação

Publicado em 17/11/2021 às 13h41 - Atualizado em 17/11/2021 às 13h46

Desde a última semana, Urupês começou a exigir o comprovante de vacinação contra a COVID-19 para que pessoas pudessem ingressar em eventos esportivos, transporte sanitário e ônibus circular, dentre outros serviços e locais, como meio de incentivar quem ainda não estava em dia com a imunização a se vacinar contra o novo coronavírus.

O resultado foi que, em apenas três dias de imunização após a publicação do decreto, o Sistema de Saúde já havia conseguido reduzir em 23,25% o número de faltosos para segundas doses (de 675 a 518) e em 13,55% para doses adicionais (de 332 a 287). A decisão de implantação do “passaporte vacinal” é amparada por decisões do Supremo Tribunal Federal.

O Vacinômetro de Urupês aponta que 81,53% da população urupeense já está vacinada com, ao menos, a primeira dose, e que 79,43% já recebeu a segunda dose ou dose única. Cerca de 1.516 pessoas (10,86% da população total) já receberam a dose adicional.

O decreto 3061/2021 pode ser acessado pelo link https://www.urupes.sp.gov.br/servicos/cidade/legislacao/lei.php?id=1685

Nesta notícia: passaporte da vacina

Notícias recomendadas

Pesquisar por assunto