Início Notícias Saúde Setembro Amarelo: Saúde realiza ações de prevenção ao suicídio e valorização da vida

Setembro Amarelo: Saúde realiza ações de prevenção ao suicídio e valorização da vida

Cerca de 4 minutos de leitura

186 acessos

Unidade de Saúde do bairro Mundo Novo - ESF Hans Ronald Froelich - imagem divulgação

Por Carina Costa - Assessoria de Imprensa

Publicado em 17/09/2021 às 16h09 - Atualizado em 17/09/2021 às 16h33

O suicídio é a quarta causa de morte mais comum entre os jovens, e 17% dos brasileiros já pensaram alguma vez em se matar, de acordo com a Agência do Senado.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser evitados se o suicida tivesse buscado ajuda e se as pessoas à sua volta identificassem os sinais de que algo errado estava acontecendo.
A Prefeitura, por meio das Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Social, como diversas instituições também busca quebrar o tabu sobre o tema e informa sobre formas de prevenir o suicídio, oferecendo diversos serviços terapêuticos gratuitos, em apoio à campanha “Setembro Amarelo”.
E para realizar este apoio, os profissionais das Estratégias Saúde da Família, da Academia da Saúde e do CREAS estão desenvolvendo ações voltadas as tema, reforçando a orientação e a importância de passar por atendimentos psicoterapêuticos.
As unidades públicas ganharam cartazes com frases positivas, para alcançar visualmente o máximo de pessoas apresentando a elas a possibilidade de buscar ajuda dos profissionais da saúde do município caso sintam a necessidade, ou passem por alguma situação da qual precisem desabafar ou receber algum tratamento psicológico. A ação tem o intuito de informar que existem vários caminhos para solucionar problemas, e o suicídio definitivamente não é uma opção.
E para ressaltar a importância do assunto, no dia 22/09, às 15h, haverá uma roda de conversa na unidade de saúde do distrito de São João de Itaguaçu, com a psicóloga Valnia Ledesma, e no dia 23/09, às 08h, ela realizará uma roda de conversa na ESF Maria Jordan Marchioni, para os pacientes do bairro Boa Vista.
No dia 23/09, às 18h30, quem comanda o bate papo é a Dra. Yulia da Silva Brasil, que abordará o tema Setembro Amarelo na ESF Dr. Rahal Tebet (unidade do bairro Manoel Carreira) e toda a população pode comparecer para tirar dúvidas e colaborar com a comunidade.
E no dia 29/09, às 15h, os alunos da Escola Maria de Lourdes da Costa Nunes de São João de Itaguaçu participarão de um bate papo descontraído com a psicóloga Valnia Esteves, que irá tratar sobre a prevenção ao suicídio e valorização da vida.
Os atendimentos periódicos de psicoterapia já acontecem nas unidades de saúde do município incluindo a Academia da Saúde, e quem necessitar de consultas com psicólogos e psiquiatras deve informar o clínico geral da unidade de saúde em que é atendido, para receber o encaminhamento.
No Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), as psicólogas já realizam um trabalho focado em um público que passa por situações das quais necessitam de uma atenção maior e de orientação. Neste mês de setembro elas estão reforçando ainda mais o tema, o abordando em rodas de conversa com as famílias assistidas pelos programas sociais, deixando sempre a casa de portas abertas para quem quiser chegar para desabafar, ou participar dos grupos.
De acordo com a coordenadora do CREAS, Juliana Zocante, o trabalho de prevenção ao suicídio é muito importante, e falar sobre o assunto é essencial para preveni-lo.
“Abrir um espaço para as pessoas desabafarem é muito importante, pois quanto mais abertamente uma pessoa fala sobre as situações de sua vida e de suas perdas, menos confusos ficam os sentimentos dessa pessoa", finaliza Juliana.

Notícias recomendadas

Pesquisar por assunto