Início Notícias Saúde A Vigilância Epidemiológica continua trabalhando nas ações ao combate contra o Aedes aegypti
Saúde |
Por Carina Costa, Assessoria de Imprensa
A Vigilância Epidemiológica continua trabalhando nas ações ao combate contra o Aedes aegypti
A recomendação é para que as pessoas vistoriem suas casas para eliminar criadouros do mosquito
Whatsapp
print
Ação de visitas residenciais dos profissionais da Vigilância Epidemiológica de Urupês - Imagem: Henrique Alonso Camilo
As ações de mobilização para o enfrentamento às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti na cidade de Urupês são permanentes e, mesmo com a pandemia da Covid-19, a rotina de controle e vigilância de arboviroses não foi interrompida.

O trabalho continua sendo realizado de forma rotineira pelas equipes da Vigilância Epidemiológica em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde com eliminação de criadouros, visitas a pontos estratégicos, bloqueios de transmissão e outras ações.

Para a segurança de todos no combate também à Covid-19, a orientação é que os agentes de endemia minimizem o contato com os munícipes durante as vistorias. Contudo, muitas pessoas acabam não permitindo a entrada dos profissionais em suas casas.

A orientação é para que a população reforce as medidas de eliminação dos criadouros do mosquito em suas casas. Pratinhos com vasos de planta, lixeiras, baldes, ralos, calhas, garrafas, pneus e até brinquedos que acumulam água podem ser os vilões e servir de criadouro. A melhor forma de combater o Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, é não deixar o mosquito nascer.

A ideia então, é reservar pelo menos 15 minutos do dia e fazer uma vistoria em sua casa, mantendo o ambiente livre de larvas do mosquito, eliminando qualquer recipiente que possa acumular água parada.
Notícia impressa de http://www.urupes.sp.gov.br em 18/04/2021

Saiba mais sobre a Secretaria de Saúde

-->